Prosecore

Escritório: +351 21 446 21 60

Moinhos e trituradores

Moinhos e trituradores

Moinhos e Trituradores

Se no seu processo de fabrico necessita de quebrar materiais sólidos em pedaços menores, utilize os nossos sistemas de moenda/trituração.

Com afinação do grau de moenda.

A nossa gama de moinhos resolve os seus problemas!

Os moinhos e trituradores são equipamentos utilizados em diferentes indústrias para reduzir o tamanho de materiais e substâncias sólidas. Eles são amplamente utilizados em indústrias como a alimentícia, química, farmacêutica, mineral, de construção civil, entre outras. Os processos de moenda e trituração podem ser realizados para diversos fins, como preparação de matérias-primas, produção de produtos intermédios e acabados, reciclagem de materiais, entre outros.

A moenda é o processo de redução do tamanho das partículas através da utilização de forças de cisalhamento, compressão ou impacto. A trituração é um processo de redução de tamanho semelhante à moenda, porém, envolve forças de cisalhamento e corte mais intensas.

O grau de refinação é um parâmetro importante na moenda e trituração de materiais. Representa o grau de redução do tamanho das partículas, sendo um fator que influencia diretamente na qualidade e propriedades dos produtos finais.

Na utilização de moinhos e trituradores, é comum a utilização de elementos crivantes para controlar o tamanho das partículas produzidas. Os elementos crivantes podem ser telas, peneiras, grelhas ou outros tipos de dispositivos que permitem a passagem apenas das partículas com o tamanho desejado.

Entre os produtos que podem ser triturados ou moídos em moinhos e trituradores, destacam-se:

  • Alimentos: cereais, grãos, especiarias, frutas, verduras, carnes, entre outros.
  • Produtos químicos: pigmentos, corantes, fertilizantes, resinas, plásticos, entre outros.
  • Produtos farmacêuticos: comprimidos, cápsulas, pós, entre outros.
  • Minerais: minérios, metais, rochas, entre outros.
  • Materiais de construção: cimentos, argamassas, areias, pedras, entre outros.

Os moinhos e trituradores são equipamentos compostos por diferentes elementos, como o rotor, o estator, o sistema de alimentação, o sistema de trituração ou moenda, os elementos crivantes e os sistemas de segurança. Os moinhos podem ser classificados de acordo com o tipo de alimentação, a forma de moagem e o tipo de produto que produzem.

Os moinhos de alimentação manual são os mais simples e comuns, sendo utilizados em pequenas produções e para materiais de baixa densidade. Já os moinhos de alimentação automática são mais sofisticados e são utilizados em produções em larga escala.

Os moinhos podem ser classificados quanto à forma de moagem em moinhos de martelo, de disco, de rolos, entre outros. Os moinhos de martelo são comuns na indústria alimentícia e de rações, enquanto os moinhos de rolos são utilizados na produção de cimentos e minerais. Os moinhos de disco são utilizados na produção de pigmentos e corantes.

Os trituradores são equipamentos que realizam a trituração de materiais por meio da utilização de lâminas ou facas que cortam e fragmentam os materiais. São comuns na indústria de reciclagem, onde são utilizados para a redução de tamanho de materiais como plásticos, papel, metal, vidro, entre outros.

Entre os elementos crivantes, as telas são as mais utilizadas, sendo constituídas por uma malha, normalmente metálica, que permite a passagem das partículas do tamanho desejado. As peneiras, por sua vez, são utilizadas para a classificação de partículas de diferentes tamanhos, permitindo separar materiais em diferentes granulometrias.

As grelhas são utilizadas em moinhos de martelo e trituradores, sendo constituídas por barras de metal que permitem a passagem apenas das partículas com o tamanho desejado. Elas são utilizadas para garantir a uniformidade do tamanho das partículas produzidas.

O grau de refinação é um parâmetro importante na moenda e trituração, influenciando diretamente na qualidade e propriedades dos produtos finais. A utilização de elementos crivantes é fundamental para controlar o tamanho das partículas produzidas.

A escolha do tipo de moinho ou triturador, bem como dos elementos crivantes a serem utilizados, depende do tipo de material que está sendo processado e do tamanho das partículas que se deseja obter.

Na indústria alimentar, os moinhos e trituradores são amplamente utilizados para a produção de produtos como farinhas, açúcares, temperos, entre outros. 

Na indústria química, são utilizados para a produção de pigmentos, corantes, resinas, entre outros.

Na indústria farmacêutica, eles são utilizados para a produção de medicamentos em pó, comprimidos, entre outros.

Qualquer um dos sistemas acima mencionados obedecem a rigorosas normas de segurança relativamente à proteção do operador pois que o seu próprio funcionamento é potencialmente perigoso

Este website utiliza cookies e solicita os seus dados pessoais para melhorar a sua experiência de navegação. We are committed to protecting your privacy and ensuring your data is handled in compliance with the General Data Protection Regulation (GDPR).