Prosecore

Escritório: +351 21 446 21 60

Fabricação de chocolate e Rebuçados em pequena escala

Chocolate
Rebuçados

Fabricação de chocolate e Rebuçados em pequena escala

Quer fabricar chocolates e rebuçados?

Se tem um pequeno negócio e pretende produzir pequenos lotes de chocolate ou rebuçados, a Prosecore fornece-lhe as máquinas de acordo com os seus requisitos. Tecnologia de qualidade e confiabilidade incomparáveis

Embaladoras de rebuçados

Cozedores de açúcar em vácuo

Cozedores de massas

Estiradores

Misturador/amassadoras

Bastonadores

Calibradores

Moldadoras

Estiradores

Mesas de arrefecimento e aquecimento

Tanques para aquecimento

Temperadoras

Banhadoras de chocolate

Doseadoras de chocolates em moldes

 

Veja as nossas soluções.

O chocolate é um alimento amado por muitas pessoas em todo o mundo. A fabricação do chocolate começa com a colheita dos grãos de cacau, que crescem em árvores de cacaueiros em regiões tropicais. A colheita é feita à mão e exige habilidade para colher as vagens maduras sem danificar as sementes.

Depois da colheita, os grãos de cacau são deixados a fermentar por cerca de sete dias. Durante esse período, as sementes libertam açúcares e ácidos orgânicos, o que ajuda a desenvolver o sabor característico do chocolate. Depois da fermentação, os grãos são secos ao sol ou através de secadores especiais.

A próxima etapa é a torrefação dos grãos de cacau. Isto envolve aquecê-los a temperaturas entre 120 e 150 graus Celsius para retirar a humidade e desenvolver os sabores e aromas. Depois de torrados, os grãos são descascados para remover a casca externa e deixar apenas a parte interna.

De seguida o processo passa pela moenda formando-se uma pasta grossa, chamada de massa de cacau. Essa massa é composta por sólidos de cacau e manteiga de cacau, que são naturalmente encontrados nos grãos de cacau. A quantidade de sólidos e manteiga de cacau na massa determinará o tipo de chocolate que será produzido.

Para criar chocolate de leite, por exemplo, é adicionado açúcar e leite em pó à massa de cacau. Para criar chocolate amargo, é adicionado apenas açúcar à massa. O processo de misturar a massa de cacau com outros ingredientes é chamado de conchagem e é realizado num equipamento chamado concha.

Depois de conchado, o chocolate é temperado, o que envolve aquecê-lo e resfriá-lo numa série de etapas cuidadosamente controladas. Isso ajuda a estabilizar o chocolate, evitando que o chocolate se derreta facilmente nas mãos ou tenha um aspecto opaco e esbranquiçado.

Por fim, o chocolate é moldado em barras, bombons ou outras formas, e embalado para ser vendido. Todo o processo de fabricação paciência para produzir um produto final de alta qualidade de chocolate é meticuloso e exige habilidade.

Parte 2: Fabricação artesanal de rebuçados

Rebuçados duros (hard candy) podem ter uma variedade de sabores e aromas. São populares em todo o mundo e podem ser fabricados de forma artesanal em pequenas quantidades. A fabricação de rebuçados começa com a mistura de açúcar, xarope de glicose e água.

A mistura é aquecida lentamente e mexida constantemente para evitar que a mesma fique queimada. Quando a mistura atinge a temperatura correta é transferida para moldes de metal ou silicone, onde pode ser moldada em diferentes formas e tamanhos.

Para criar rebuçados com sabor, são adicionados óleos essenciais ou extratos de frutas, como limão, laranja ou menta. Estes ingredientes são adicionados à mistura quando ela ainda está quente, a quantidade usada pode ser ajustada para atingir o sabor desejado.

 

 

Os rebuçados também podem ter cores e texturas diferentes. Para criar rebuçados coloridos, é adicionado um corante alimentar à mistura. Para criar rebuçados com texturas diferentes, como os que têm uma camada crocante no exterior, é adicionado ácido tartárico ou bicarbonato de sódio à mistura para criar uma reação química que forma a camada crocante.

Depois de moldados, os rebuçados são deixados para arrefecer e endurecer em temperatura ambiente ou num refrigerador. Uma vez que os rebuçados estão firmes, são retirados dos moldes e podem ser embalados para venda.

A fabricação de rebuçados de forma artesanal requer habilidade e paciência. O processo exige  atenção a cada etapa para garantir que a mistura não queime e que os ingredientes sejam adicionados na quantidade correta. Também é importante moldar os rebuçados com cuidado para obter a forma e o tamanho desejado.

Conclusão:

Tanto a fabricação de chocolate quanto a de rebuçados de forma artesanal são processos cuidadosos que exigem habilidade e paciência. Ambos os alimentos são apreciados em todo o mundo e podem ser produzidos em pequenas quantidades, utilizando técnicas tradicionais e ingredientes simples.

Este website utiliza cookies e solicita os seus dados pessoais para melhorar a sua experiência de navegação. We are committed to protecting your privacy and ensuring your data is handled in compliance with the General Data Protection Regulation (GDPR).