Prosecore

Escritório: +351 21 446 21 60

Equipamentos de Lavagem, Seleção, Corte, Pelagem para a sua matéria prima

Equipamentos de lavagem

Equipamentos de Lavagem, Seleção, Corte, Pelagem para a sua matéria prima

A Prosecore tem disponíveis várias soluções para tratamento de hortícolas (batata, cenoura, alho, cebola, aipo, tomate etc) e fruta ( maçã, pera, manga, morango, etc) onde se enquadram diversas etapas tais como lavagem, drenagem, escolha, pelagem, trituração  corte e outros.

Processos descontínuos para a preparação de lotes de dimensões pequenas ou médias, adequados a indústria  de média capacidade.

Contacte-nos para lhe darmos a melhor solução para as suas matérias primas. 

O termo processamento é genericamente empregado para designar uma série de operações unitárias conjugadas, cuja finalidade é prevenir alterações indesejáveis que podem ocorrer em vegetais e frutas após a sua colheita, aumentando o seu período de conservação.
Tais alterações podem ser causadas pela invasão e desenvolvimento de microrganismos ou por reações químicas, físicas e bioquímicas dos compostos naturalmente presentes nestes alimentos.

Daí a necessidade de toda e qualquer matéria prima ser submetida à inspeção de qualidade e, caso a mesma apresente características indesejáveis para o processamento, deve ser rejeitada. As matérias-primas devem ser conduzidas rapidamente da recepção para o processamento ou para o local de armazenamento, evitando exposição desnecessária a fontes de contaminação e/ou deterioração.
Quando os produtos hortícolas são cortados, descascados, fatiados ou triturados , sua taxa metabólica aumenta. Isso decorre da maior atividade metabólica das células afetadas nesse tratamento e do aumento da superfície exposta à atmosfera após o corte, o que facilita a penetração do oxigénio no interior das células. A atividade respiratória também aumenta com a temperatura e é função da espécie vegetal, do seu grau de maturação, das suas condições fisiológicas e da composição gasosa da atmosfera ao seu redor.
As frutas e vegetais minimamente processados são colhidos e submetidos a um processo industrial que envolve as atividades de seleção e classificação da matéria-prima, pré-lavagem, processamento (corte, fatiamento etc.), sanificação, enxaguamento, centrifugação e embalamento, visando obter um produto fresco, saudável que, na maioria das vezes, não necessita de nenhuma preparação adicional para ser consumido.

No processamento mínimo, as barreiras para eliminação de microrganismos são poucas, constituindo-se as chamadas tecnologias de barreiras ou obstáculos, que incluem, principalmente, a lavagem, o uso de sanificantes, as embalagens em atmosfera modificada e a refrigeração. A lavagem dos vegetais é a prática mais comum para se obter um produto mais seguro.
Para a execução de tais processos é necessário considerar um conjunto de equipamentos que respondam de forma eficaz às exigências dos utilizadores.
Consulte-nos!

Este website utiliza cookies e solicita os seus dados pessoais para melhorar a sua experiência de navegação. We are committed to protecting your privacy and ensuring your data is handled in compliance with the General Data Protection Regulation (GDPR).